REVAR: CONHEÇA A NOVA CALCULADORA DO IMPOSTO DE RENDA PARA INVESTIDORES

USAR BANCO DE HORAS OU DAR FÉRIAS COLETIVAS NO FINAL DO ANO?
20 de dezembro de 2023
DECLARAÇÃO DE OPERAÇÕES LIQUIDADAS COM MOEDA EM ESPÉCIE (DME)
17 de janeiro de 2024

A Receita Federal anunciou, recentemente, a criação do ReVar, uma calculadora que promete facilitar a vida dos investidores na hora de preencher o Imposto de Renda. A novidade, elaborada em parceria com a Bolsa de Valores – B3, permitirá automatizar completamente o processo de apuração de ganhos em renda variável e, consequentemente, o cálculo do Imposto de Renda devido nessas operações. E aí, está por dentro do tema? Confira mais detalhes a seguir!

O que é ReVar?

ReVar é a sigla do Programa Auxiliar de Apuração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física para operações de Renda Variável. Ele foi instituído pela Receita Federal através da Instrução Normativa RFB nº 2.164. A norma também estabelece as diretrizes para o envio de informações à Receita Federal, relacionadas a transações realizadas no mercado financeiro e de capitais.

Em outras palavras, agora, com a autorização do investidor a Bolsa de Valores será obrigada a enviar as suas informações relacionadas a transações realizadas no mercado financeiro e de capitais para Receita Federal. São estes dados que vão auxiliar a Receita Federal para cruzar as informações e, também, para criar esta calculadora.

Como declarar no Imposto de Renda se você recebeu empréstimos bancários?
A criação do ReVar impacta quantas pessoas?

De acordo com a Receita, a nova calculadora vai impactar os mais de 5,3 milhões de CPFs distintos que estão registrados na B3. E esse número pode crescer, já que mais de 17,7 milhões de brasileiros possuem contas de poupança com saldos superiores a R$ 10 mil.

Como acessar o ReVar?
O ReVar estará disponível no portal e-CAC para os contribuintes que autorizarem a bolsa de valores a compartilhar informações pertinentes com a Receita Federal.

Qual é o cronograma de implantação da nova calculadora?
A nova calculadora será implementada seguindo o seguinte cronograma:

  • de janeiro a março de 2024 – para os investidores incluídos na versão inicial do programa, destinada a testes de funcionamento e validação de regras;
  • a partir de abril de 2024 – para os investidores que realizam operações apenas no mercado à vista e que não fazem operações de empréstimo de ativos e com ouro ativo financeiro;
  • a partir de janeiro de 2025 – para os investidores que realizam as operações previstas no mercado à vista e de liquidação futura.

As informações de renda variável vão aparecer na declaração pré-preenchida?
Sim, o ReVar possibilitará o pré-preenchimento automático da Declaração Anual do Imposto de Renda. E, também, oferecerá a emissão em tempo real do Darf (Documento de Arrecadação de Receitas Federais).

Fonte: IOB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.